Tratamento de Diabetes – Monitorar frequentemente a glicemia e seguir as orientações médicas e farmacêuticas no combate ao diabetes tornam-se ainda mais determinantes em tempos de pandemia. Mas a prática, infelizmente, não acompanha a teoria.

Uma pesquisa divulgada pela Novo Nordisk mostrou que 64% dos brasileiros com a doença não seguem o tratamento adequado e 90% sentem falta de informações sobre a relação com seus males cardiovasculares. O estudo revelou ainda que 80% das pessoas com diabetes tipo 2 apresentavam pelo menos um dos indícios de possível problema no coração.

Confira mais detalhes da pesquisa:

  • Pelo menos 63% dos entrevistados tiveram mais gastos com a saúde após sofrerem um desfecho cardiovascular sério. Não à toa, segundo a Federação Internacional do Diabetes (IDF), o Brasil é o terceiro país que mais gasta com a doença (US$ 52,3 bilhões por ano), atrás apenas da China (US$ 109 bi) e dos Estados Unidos (US$ 294,6 bi)
  •  38% consideram que ficaram com a vida mais limitada, 31% passaram a depender mais de serviços de saúde e 23% ficaram mais deprimidos
  • O medo de morrer também está presente nesse cotidiano, com 18%; e a dependência de outras pessoas, com 13%.
  • Para 60%, o médico transmitiu informações insatisfatórias ou sequer mencionou as questões relacionadas ao coração na última consulta para controlar o diabetes
  • Um em cada dez entrevistados admitiu não passar pelo médico para consultas de rotina no período de um ano

 

Fonte: encurtador.com.br/atU59